Português Italian English Spanish

América-MG e Chapecoense conquistam acesso à Série A em 2021

América-MG e Chapecoense conquistam acesso à Série A em 2021

Data de Publicação: 13 de janeiro de 2021 10:30:00
Nesta terça-feira, os dois clubes garantiram o acesso de forma antecipada à Série A do Campeonato Brasileiro em 2021.

A elite do futebol nacional conheceu, nesta terça-feira (12), dois de seus representantes para a próxima temporada. América-MG e Chapecoense, atuais líder e vice-líder da Série B do Campeonato Brasileiro, respectivamente, garantiram o acesso de forma antecipada à Série A – na 34ª rodada. Tanto o Coelho quanto a Chape não podem mais ser alcançados por equipes fora do G-4 da competição e, desta forma, conquistaram oficialmente suas vagas no Brasileirão Assaí 2021.

Para o América-MG, líder do torneio, um simples empate fora de casa diante do Náutico bastava para garantir seu retorno à elite do futebol brasileiro. E foi exatamente esse o resultado que o Coelho conseguiu. Sem balançar a rede, a equipe mineira ficou no 0 a 0 no Estádio dos Aflitos e carimbou, com 67 pontos, seu passaporte para o Brasileirão Assaí – de onde caiu no ano de 2018.

A missão da Chapecoense era mais árdua nesta terça-feira. Para alcançar o acesso ainda na 34ª rodada, a equipe catarinense precisava, necessariamente, de uma vitória. E assim o fez. Dentro de seus domínios, na Arena Condá, a Chape derrotou o Figueirense por 2 a 1 e comemorou seu retorno à Série A com quatro rodadas de antecedência, somando 66 pontos. O Alviverde ficou apenas uma edição afastado do Brasileirão Assaí – caiu em 2019.

Com América-MG e Chapecoense já garantidos na elite do futebol, a briga pelas duas vagas restantes aumenta ainda mais conforme o Campeonato Brasileiro Série B chega ao seu fim. Nesta quarta-feira (13), dois jogos fecham a rodada de número 34. Se o torneio terminasse hoje, Cuiabá e CSA completariam as vagas restantes para compor a Série A. Entretanto, nas últimas rodadas, 11 equipes ainda possuem chances matemáticas de conseguir o tão sonhado acesso.

 

 

 

Fonte: CBF.com.br
Créditos: Márcio Cunha / ACF