FFER inicia discussões para adequação ao registro de contrato de treinadores
25/04 00:00

FFER inicia discussões para adequação ao registro de contrato de treinadores

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou o início do registro de contrato de trabalho dos treinadores de clubes da séries A, B, C e D. Com a medida, o profissionais terão direito ao seguro de vida, acidentes pessoais, previdência social garantida e outros benefícios. Até hoje, apenas os atletas tinham tal direito assegurado. A Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) fomenta as discussões sobre o assunto e tem mantido contato com os dirigentes dos clubes filiados para adequações às medidas que já vêm sendo aplicadas.

A nota divulgada pela Confederação Brasileira de Futebol afirma que "o registro dos referidos contratos representa um grande avanço na estrutura do futebol e passará a ser obrigatório para os clubes que venham a disputar o Campeonato Brasileiro, em todas as suas séries, conforme já previsto nos atuais regulamentos específicos."

Com essa iniciativa, a entidade promove melhores benefícios aos profissionais que compõem o sistema do futebol brasileiro, contribuindo para o seu desenvolvimento e modernização.

A expectativa é de que no próximo ano, a regra será ampliada para todos os campeonatos organizados pela CBF como a Copa do Brasil, a Copa Verde. Além disso, também deve valer para alguns estaduais. Esse registro de treinadores foi aprovado pelos clubes, de todas as divisões, durante o conselho técnico, realizado no mês de fevereiro.

Com o contrato registrado, os técnicos de futebol terão mais segurança em seus contratos e benefícios como previdência e seguro de vida, assegurados pela CBF, assim como já acontece com os jogadores.

 

 

 



Autor: Paulo Ricardo


Últimas