FFER define critérios para a nova vaga no Brasileirão Série D
24/03 12:00

FFER define critérios para a nova vaga no Brasileirão Série D

A segunda vaga destinada para Rondônia no Campeonato Brasileiro da Série D 2016 e 2017 será preenchida da seguinte forma: vice-campeão 1º turno – Série D (2016); vice-campeão do Campeonato Rondoniense (geral) fica com a segunda vaga para a Série D de 2017. A definição foi confirmada durante reunião entre o presidente da Federação de Futebol do Estado de Rondônia, Heitor Costa, juntamente com os diretores da entidade. Rondônia terá a partir deste ano mais uma vaga na disputa do Campeonato Brasileiro Série D, passando a contar com dois representantes na competição promovida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O critério adotado contempla o vice-campeão geral com a vaga para disputar no ano que vem o Campeonato Brasileiro da Série D. No entanto, em caso do vice-campeão ter conquistado a vaga por ter sido campeão do 2º turno, a mesma será destinada ao terceiro lugar, atendendo os critérios técnicos da competição e assim sucessivamente.

A adequação foi necessária visando apresentar em tempo hábil os representantes da Série D (2016 e 2017) à CBF, principalmente após Rondônia ter sido contemplada com mais uma vaga na competição reivindicada.

A nova vaga na Série D foi resultado de várias reuniões entre o presidente da FFER, Heitor Costa junto à entidade maior do futebol brasileiro. A competição passará a ser disputada por 68 clubes, com o objetivo de atender a demanda dos times por um calendário anual de atividades.

A Série D 2016 deve começar em maio. A competição será dividida em 17 grupos com quatro componentes. Os campeões da cada chave mais os 15 melhores segundos colocados jogarão a segunda fase, que iniciará a fase eliminatória da competição, conforme o divulgado pela CBF.

Vale ressaltar que a programação anteriormente discutida e aprovada no Conselho Arbitral do Estadual, em novembro do ano passado, fica sem alteração, ou seja: campeão 1º turno – Série D (2016); campeão 2º turno – Série D (2017); campeão geral – Copa do Brasil e Copa Verde. A adequação foi feita somente em virtude da segunda vaga na Série D. 




Autor: Jornalista Paulo Ricardo


Últimas