Dirigentes e técnicos destacam ações do FFER Social e Processo Seletivo do Flamengo
10/05 14:00

Dirigentes e técnicos destacam ações do FFER Social e Processo Seletivo do Flamengo

 

Durante toda a semana, várias atividades estão sendo desenvolvidas com os novos talentos do futebol rondoniense. Desde o final de semana, a FFER Social vem realizando atividades com a garotada que está engajada no Processo Seletivo do CR Flamengo em Rondônia, tendo como responsável Luciano Almeida, de Ji-Paraná. O objetivo é olhar com atenção para novos valores do futebol rondoniense e garantir maior motivação para que os jovens continuem trilhando no caminho.

Todas as atividades estão sendo minuciosamente detalhadas aos olhares do observador técnico do Flamengo Lelis Macedo.  O projeto FFER Social trouxe para Rondônia o observador do Flamengo que tem orientado os novos talentos e motivado para que continuem trilhando o caminho do futebol. As ações já foram realizadas em Ji-Paraná, Ariquemes, Cacoal, Rolim de Moura e também serão levadas para São Francisco do Guaporé e Porto Velho.

“O projeto foi idealizado pelo presidente da Federação de Futebol, Heitor Costa, e tem a supervisão de Bruno Costa que hoje exerce a função de diretor em um clube dos Estados Unidos. Estamos dando para esses garotos a oportunidade de serem observados e ao mesmo tempo motivando para que continuem praticando o futebol”, frisou Luciano Almeida.

Para o presidente do Real Desportivo, de Ariquemes, Chico Pinheiro, o projeto visa  fortalecimento das categorias de base e incentivar os clubes a fomentar esse espírito nas categorias de base. “Não podemos perder esses atletas e esse projeto vem com esse objetivo de fortalecimento”, disse.

Marcolino Silveira, técnico camisa 10, destaca que trata-se de uma parceria que tem a engrandecer o futebol rondoniense.

O observador do Flamengo, Lelis Marcedo destaca ser prazerosa a missão de acompanhar esses novos talentos que surgem pelos campos do Brasil. “Muito interessante e estamos colhendo fruto desses trabalhos que já vem sendo desenvolvidos por clubes e escolinhas e em Rondônia não pode ser diferente. Já passamos por Ji-Paraná e Ariquemes e iremos observar com total atenção para esses novos atletas”, ressalta.

 

PROGRAMAÇÃO EM ANEXO




Autor: Paulo Ricardo


Últimas