FFER aciona Comissão de Arbitragem para discutir apoio ao Interdistrital
15/02 12:00

FFER aciona Comissão de Arbitragem para discutir apoio ao Interdistrital

A 26ª edição do Campeonato Interdistrital começa a ser disputada no dia 18 de maio, com a 1ª fase no distrito de Jacy-Paraná (para equipes do eixo BR), com a participação de 10 equipes. A organização é da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes) que buscou junto à Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) a possibilidade de parceria para viabilizar os árbitros e assistentes para os 60 jogos de futebol que estão previstos. Na manhã de quarta-feira, 15, o presidente da FFER, Heitor Costa, recebeu o secretário adjunto da Semes, José Robério, e o diretor de esporte e lazer, Edilson Pacheco, para detalhamento da parceria.

Durante a reunião, o secretário adjunto fez explanação sobre os preparativos para o Interdistrital, na modalidade de futebol (masculino e feminino), ressaltando que na 1ª fase os jogos serão disputados entre os dias 18 a 23 de maio. Nesta fase, irão disputar as equipes de Abunã, Jacy-Paraná, Fortaleza do Abunã, Vista Alegre, Extrema, Nova Califórnia, Mutum-Paraná, União Bandeirantes, rio Pardo e Aldeia Kaxarari.

Já a segunda fase será disputada entre os dias 31 de maio a 4 de junho, para equipes do Baixo Madeira, com a participação de São Carlos, Nazaré, Calama, Demarcação, Cuniã, Maici, Vila e São Sebastião. As equipes classificadas em ambas as fases irão disputar a semifinal e final.

Após fazer a apresentação do projeto, os diretores da Semes solicitaram ao presidente Heitor Costa a possibilidade da entidade apoiar quanto às taxas de arbitragem. Pelos cálculos da Semes, serão ao todo 60 jogos entre as fases classificatórias até a final da competição.

O presidente da entidade máxima do futebol rondoniense acionou a Comissão de Arbitragem da entidade para que se busque meios de apoio ao Interdistrital. O presidente da Comissão, Almir Belarmino, ficou incumbido de manter contato com o Sindicato dos Árbitros de Rondônia para que seja feito um levantamento e, posteriormente, viabilizar os árbitros e assistentes visando os jogos da competição. Outra reunião deve acontecer nos próximos dias para novas discussões sobre o assunto.

“É um projeto que garante um intercâmbio entre esses distritos de Porto Velho dentro do esporte, no caso o futebol, considerado a paixão nacional. Marcamos outra reunião para que o assunto volte a ser discutido e, até lá, iremos manter contato com o Sindicato dos Árbitros para buscarmos meio de contribuir com a competição”, frisou Heitor.



Autor: Jornalista Paulo Ricardo


Últimas