Comissão de Arbitragem segue avaliando novos árbitros e assistentes
02/08 13:00

Comissão de Arbitragem segue avaliando novos árbitros e assistentes

Seguindo a filosofia da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF) que desenvolve o  Programa de Renovação da Arbitragem Brasileira, a Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (C.A/FFER) está atenta ao processo de renovação e evolução dos trabalhos de qualificação para os que estão ingressando na área e os que já somam experiência. 

Recentemente, mais 12  profissionais, entre árbitros e assistentes, foram formados através da parceria com a Associação Regional de Árbitros de Ariquemes e Região (ARAAR). Cinco dos 12 recém-formados foram testados na Seletiva Rondoniense de Futebol Feminino (Ariane Amaral Peron, Tiago da silva Barreto, Alessandro Bessa de Oliveira, Salvino Rosa da Silva).

Para o presidente da Comissão de Arbitragem, Leandro Bratti, a Seletiva do Feminino durou apenas 3 jogos, ou seja, pouco tempo para avaliar. “Foi possível ver pouco sobre eles, mas o pouco que analisamos já deu para ter uma idéia do perfil de cada um, não digo que foi um teste de fogo, pois ainda serão avaliados em competições futuras, isso foi uma breve apresentação deles”, disse Leandro.

Ele destacou, ainda, que durante a Seletiva do Feminino aconteceu a estreia de uma mulher na assistência  (21 anos) focada no trabalho que foi lhe atribuído. Desde que a assistente Márcia Caetano se transferiu para São Paulo, Rondônia ficou sem sua referência no sexo feminino na arbitragem. Além de Ariane que estreou em competição oficial da FFER, a Comissão ainda irá contar com outras duas mulheres na bandeira (Raquel de Jesus Souza e Jessica Kesia dos Reis).

“Lógico que essa renovação será gradativa e sempre iremos contar com o apoio dos experientes na arbitragem. Temos árbitros e assistentes e instrutores de nível Confederação Brasileira de Futebol. Estamos sempre pensando em evoluir nossa arbitragem e precisamos mesclar experiência com renovação, ou seja, precisamos renovar sem esquecer os medalhões”, ressalta Leandro.



Autor: Paulo Ricardo - Assessor de Imprensa


Últimas