Marcação forte será a arma do Genus contra o ASA
27/04 08:50

Marcação forte será a arma do Genus contra o ASA

A marcação forte e velocidade nos contra ataques serão as armas do Genus para enfrentar o ASA/AL, nesta quinta-feira, às 20h30 (horário de Rondônia), na partida de volta da Copa do Brasil, no estádio Coaracy Fonseca, Arapiraca/AL. Na primeira partida, o time de Rondônia venceu o representante alagoano por 2 a 0 e agora joga por um empate ou pode perder até por um gol de diferença para ficar com a vaga na segunda fase da competição. O vencedor desse confronto terá pela frente a Ponte Preta.

Após perder o turno no campeonato estadual, o Genus não teve tempo para lamentar a derrota e “virou a chave” para a Copa do Brasil, mantendo a confiança em fazer história. A vantagem é do time de Rondônia, que na primeira partida no estádio Aluizão, em Porto Velho, conquistou a vitória por 2 a 0. Com muitas mudanças no time adversário, agora o jogo é outro e o Aurigrená também prega cautela e atenção na casa do adversário.

Claudemir Pontin destacou que o time está focado na disputa da Copa do Brasil e deu uma pausa no Campeonato Estadual. No último final de semana, o time perdeu o título do 1º Turno para o Rondoniense Social Clube. “O jogo é outro. Temos de triplicar nossa atenção porque, se não me engano, o ASA contratou jogadores, e não sei se todos vão jogar, mas temos de ter uma atenção maior”, revela o técnico.

Pelo lado do ASA, o técnico Betinho pretende usar os reforços que chegaram ao time. Sem querer ficar de fora da próxima fase da Copa do Brasil, o técnico vai para o tudo ou nada. O treinador pensa em arriscar e tem trabalhado com o intuito de deixar o time pronto para qualquer imprevisto. “Vamos ter de correr riscos, temos de fazer uma pressão no adversário no início do jogo, procurar fazer o gol mais rápido e jogar a pressão pra cima deles”, disse o treinador.



Autor: Paulo Ricardo


Últimas