As conquistas do Timão: FFER parabeniza todos corintianos

As conquistas do Timão: FFER parabeniza todos corintianos

Após empatar em 1 a 1 com o Vasco na 35ª rodada, o Corinthians conquistou o Campeonato Brasileiro de 2015, o sexto em toda sua história. O Alvinegro alcança São Paulo e Cruzeiro como recordista de conquistas na era dos pontos corridos: cada um tem três campeonatos. Relembre um pouco de cada uma das conquistas do Corinthians:

1990: O primeiro título

Após mais de 80 anos de espera, o Corinthians conquistou o seu primeiro título brasileiro diante do São Paulo, no Morumbi. Com cerca de 100 mil testemunhas, foi do folclórico meia-atacante Tupãzinho, apelidado de "Talismã" pela torcida corintiana, o único gol da vitória por 1 a 0 sobre o Tricolor Paulista. A campanha ficou marcada pelas grandes atuações do meia Neto, que marcou nove dos 23 gols do Corinthians naquele Brasileirão.

Escalação do título: Ronaldo; Giba, Marcelo, Guinei e Jacenir; Márcio, Wilson Mano, Tupãzinho e Neto; Fabinho e Mauro. Técnico Nelsinho Baptista.

1998: O começo do bi

Se passaram oito anos para que o Corinthians voltasse a dominar o Brasil. Diante do Cruzeiro, o Alvinegro empatou os dois primeiros jogos da final e venceu a terceira partida da decisão, no Morumbi, por 2 a 0. Os gols foram marcados por Marcelinho Carioca e Edilson, com passes de Dinei – o único que esteve nas duas primeiras conquistas do Corinthians no Brasileiro. O atacante já havia deixado sua marca na partida inicial do confronto com o Cruzeiro e escreveu seu nome na história do clube com as assistências. O destaque da campanha foi Marcelinho Carioca, artilheiro do time com 19 dos 57 gols marcados pelo Corinthians no campeonato.

Escalação do título: Nei; Índio, Batata, Gamarra e Silvinho; Vampeta, Rincón, Ricardinho e Marcelinho; Edilson e Mirandinha. Técnico Vanderlei Luxemburgo.

1999: Repeteco

Embalado pela conquista do segundo título brasileiro, o Corinthians venceu seu terceiro Brasileirão no ano seguinte. Após uma grande primeira fase, o clube derrotou o Atlético-MG em três jogos na decisão. O Galo ganhou no Mineirão por 3 a 2 e perdeu em São Paulo por 2 a 0. Na terceira partida, o empate em 0 a 0 garantiu ao Corinthians o troféu. Com o título, o Corinthians venceu o Brasileiro de forma consecutiva pela primeira e única vez na sua história.

Escalação do título: Dida; Índio, Márcio Costa, João Carlos e Kléber; Gilmar, Vampeta, Rincón, Ricardinho e Marcelinho; Edílson. Técnico Oswaldo de Oliveira.

2005: O Brasileirão ao ritmo da cumbia

Com um time muito badalado, o Corinthians venceu o seu primeiro brasileiro por pontos corridos em 2005, o seu quarto na história. O principal líder do time na campanha foi o argentino Carlos Tevez, que marcou 20 gols naquela edição e justificou a pompa de sua contratação. Mesmo com a derrota por 3 a 2 para o Goiás na última rodada, o Corinthians se sagrou campeão graças a uma combinação de resultados. Um dos jogos mais marcantes da campanha foi a goleada por 7 a 1 sobre o rival Santos, com três gols de Tevez, que comemorou seus gols dançando a cumbia, ritmo latino-americano originário da Colômbia.

Escalação do título: Fábio Costa; Coelho, Wendel, Marinho e Gustavo Nery; Marcelo Mattos, Rosinei, Bruno Octávio e Carlos Alberto; Nilmar e Tevez. Técnico Antônio Lopes.

2011: A quinta estrela em homenagem a Sócrates

Mais um intervalo de seis anos, mais um título para o Corinthians. Após visitar a Série B do Campeonato Brasileiro em 2008, o Corinthians foi campeão da Série A em 2011 com uma grande campanha. Comandado pelo técnico Tite, o Alvinegro chegou à última rodada precisando de um empate contra o rival Palmeiras para garantir o título. O 0 a 0 na partida, que contou com homenagens ao saudoso Sócrates, ex-jogador do clube, deu ao Corinthians o seu quinto Campeonato Brasileiro. O artilheiro do Alvinegro no campeonato foi o atacante Liédson, que marcou 12 gols, incluindo três na emblemática vitória por 5 a 0 contra o São Paulo.

Escalação do título: Júlio César; Alessandro, Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos; Wallace, Paulinho e Alex; Jorge Henrique, Willian e Liédson. Técnico Tite.

2015: Enfim, seis

Após um grande duelo com o Atlético-MG pela liderança do Brasileirão de 2015, o Corinthians ganhou fôlego e garantiu o título de forma antecipada pela primeira vez na sua história. O empate em 1 a 1 com o Vasco, em São Januário, deu o sexto campeonato brasileiro ao clube de São Paulo. Vagner Love marcou o gol corintiano. Até aqui, o artilheiro do Corinthians no campeonato é o meia Jadson, com 13 gols. Com a conquista, o técnico Tite se tornou o primeiro a ganhar mais de um título brasileiro na história do Corinthians.

Escalação do título: Cássio; Edílson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf (Bruno Henrique), Elias (Lucca), Jadson e Renato Augusto (Rodriguinho); Malcom e Vagner Love. Técnico Tite.

Fonte: CBF


Autor: postado por paulo ricardo