FFER: desafios superados com união e trabalho

FFER: desafios superados com união e trabalho

Federação de Futebol do Estado de Rondônia está perto de completar 71 anos de existência, dos quais, pouco mais de duas décadas na Era Profissional. Os avanços são conferidos a cada ano com a participação dos dirigentes, empresas parceiras e toda a equipe da entidade maior do futebol rondoniense. Para o presidente Heitor Costa, os desafios surgem, mas são superados com o trabalho e a responsabilidade.

-Mais de duas décadas profissional e um crescimento destacado, com portas abertas para competições a nível nacional. Assim se resumir todo o trabalho que vem sendo desempenhado à frente da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) desde a inclusão na Era Profissional. Lógico, ainda estamos engatinhando se compararmos ao futebol dos grandes centros do país, mas não temos dúvidas de que estamos trilhando o caminho certo, ou seja, do aprendizado à modernização.

Hoje, nosso futebol está cada ano transformado, com as equipes focando mais atenção para o profissionalismo. A Federação de Futebol do Estado de Rondônia está à altura das demais entidades filiadas à Confederação Brasileira de Futebol, ou seja, moderna, estruturada, informatizada e, sem sombra de dúvidas, respeitada.

Temos levado o nome do nosso Estado sempre que convidados pela entidade máxima do futebol brasileiro para participar de algum evento do futebol. Percebemos que Rondônia está crescendo a cada ano e não podemos deixar o nosso futebol profissional para trás, por isso, desde o início da Era Profissional, procuramos pavimentar essa estrada para que daqui a alguns anos, possamos olhar para o passado e dizer: "como foi gratificante nosso esforço".

Os erros eles acontecem. Sim, também erramos, mas aprendemos com isso e procuramos corrigi-los para o bem do nosso futebol. Felizmente, nossos clubes profissionais filiados também aprenderam com os erros do passado e, hoje, buscam mais esforços para um futebol profissional e digno de respeito.

Nossa estrada, repito, está sendo pavimentada e não temos dúvidas de que nosso legado será sempre lembrado. Superamos as dificuldades. Superamos as energias negativas. Superamos os obstáculos e daqui a alguns anos, os amantes do futebol poderão dizer: "foi um bom trabalho".
Ainda vivemos alguns obstáculos, como a falta de incentivo das autoridades ao nosso futebol, bem como ao desporto em geral. Esperamos que mude essa mentalidade para o bem do nosso esporte rondoniense. Que Deus abençoe a todos nos e ao nosso glorioso futebol-.






Autor: jornalista Paulo Ricardo - assessor FFER