Genus fala em força tarefa para poder jogar em casa

Genus fala em força tarefa para poder jogar em casa

O Genus será o representante de Rondônia na Copa Verde e Copa do Brasil, que serão disputas no primeiro semestre de 2016. O fator campo ainda é grande problema do time da Capital que espera uma força tarefa para deixar o estádio Aluízio Ferreira, pertencente ao Estado, em condições de receber jogos das competições nacionais promovidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O Sport Club Genus busca do governo a tão esperada reforma do Aluizão. Este ano, o clube da Capital conquistou seu primeiro título, em cerca de 20 anos de história.

O dirigente do clube, Evaldo Silva, espera que o estádio tenha condições de jogos o mais rápido possível. “O Aluizão será reformado e nós faremos uma força tarefa para isso. Nesse momento nós estamos buscando patrocínios, organizando a casa, dividimos funções para que os trabalhos não fiquem só em cima de uma pessoa e nós possamos trabalhar para a estruturação do clube. Esperamos fazer uma boa campanha tanto na Copa Verde quanto na Copa do Brasil e, inclusive, lutar pelo bicampeonato”, argumentou.



Autor: Jornalista Paulo Ricardo - assessor FFER