Jogadoras da Seleção marcam 16 gols em dois jogos

Jogadoras da Seleção marcam 16 gols em dois jogos

A Segunda Fase do Brasileirão Feminino começou com novidade nos times classificados. As jogadoras da Seleção Brasileira Permanente foram divididas entre os clubes com o objetivo de aumentar o nível da competição e dar mais equilíbrio aos jogos. E a participação delas tem surtido efeito: em sete jogos dos oito disputados, pelo menos uma atleta da Seleção Principal Permanente balançou as redes, totalizando 13 gols.

As seis artilheiras "draftadas" são: Gabi Zanotti (Santos), Darlene (Rio Preto), Rafa (América-MG), Travalão (Flamengo), Andressinha (Tiradentes) e Raquel (Botafogo-PB).

Se considerarmos as jogadores com passagem pelas categorias de base da Seleção Feminina, a marca de gols passa de 13 para 16.

Yasmin Assis (São José) e Gabriela Nunes (Adeco), jogadoras da Seleção Brasileira Sub-17, marcaram, juntas, três gols na Segunda Fase, contribuindo para o aumento na média. Diferente das draftadas, as jogadoras da base estão competindo desde a primeira fase, na qual Gabi chegou a marcar sete vezes, seis na mesma partida, e é a artilheira da competição com nove gols.


Fonte: CBF.com.br


Autor: Assessoria FFER