DOMINGO DE MANHÃ: Jogos das 11h vão até 18 de outubro

DOMINGO DE MANHÃ: Jogos das 11h vão até 18 de outubro

Um sucesso aprovado pelos torcedores neste Brasileirão, o horário das 11h de domingo vai até a 31ª rodada, no dia 18 de outubro. A decisão conjunta foi tomada pela Diretoria de Competições da CBF e a Comissão Nacional de Médicos do Futebol (CNMF) nesta quarta-feira (30). Em reunião na sede da entidade, no Rio de Janeiro, também foi anunciada a continuidade das partidas matutinas em 2016 e um pacote de medidas sobre a área médica.

O domingo de manhã é uma sensação desse campeonato. A média de público nos 30 jogos realizados às 11h, até o momento, é de 24.015 pagantes. Todos foram disputados em condições seguras para a prática do futebol, de acordo com o presidente da CNMF, Dr. Jorge Pagura.

– Coletamos dados com instrumentos avançados e observamos que os níveis gerais de risco estiveram sempre muito abaixo do limite. Os atletas trabalharam em totais condições de segurança e não foram submetidos a riscos nos jogos das 11h. Qualquer situação isolada deve ter as particularidades analisadas de maneira individual – afirmou Pagura.

Para o diretor de Competições da CBF, Manoel Flores, o respaldo da área médica é fundamental na avaliação da iniciativa que conquistou o torcedor brasileiro. Manoel disse que recebeu dezenas de pedidos para a ampliação do futebol matutino e revelou que outros horários alternativos estão sendo estudados.

– Desde o primeiro jogo na manhã de domingo, não recebemos sequer uma reclamação formal. Aconteceu, justamente, o contrário. Muitos clubes pediram para disputar mais partidas às 11h. O trabalho em conjunto com a área médica forneceu o conhecimento científico que precisávamos para levar o horário até a 31ª rodada. Quem sabe, no ano que vem, os jogos às 11h não vão até o fim do campeonato? Os estudos vão continuar – destacou Manoel.

Procedimentos médicos

O encontro desta quarta, que reuniu 18 profissionais, gerou outras medidas da CNMF. A parada médica será estendida a todas as partidas, independentemente do horário. Antes do jogo, se a temperatura estiver acima dos 28 °C, o médico da Comissão de Controle de Doping avisará ao árbitro, que comunicará aos médicos dos clubes que, aos 30 minutos, haverá uma pausa de três minutos para hidratação. O mesmo processo se repetirá no intervalo.

Será criado um Comitê de Performance e Recuperação para liderar os estudos das condições de jogo a partir do método WBGT, que considera três elementos do clima: temperatura seca (ambiente), umidade do ar e radiação solar.

A CNMF recomendou ainda que, com o início do horário de verão, as partidas da tarde mudem das 16h para as 17h.


Fonte: CBF.com.br


Autor: Assessoria FFER