Rondônia presente no Curso FIFA FUTURO III

Rondônia presente no Curso FIFA FUTURO III

O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF (CA-CBF), Sérgio Corrêa, foi o responsável por fazer a abertura oficial do Seminário de Arbitragem, que foi realizado nesta sexta-feira (7), no Hotel Hilton Barra, no Rio de Janeiro.

- Gostaria de começar o seminário ressaltando a importância da mulher no futebol. A FIFA tem cobrado as federações, e a CBF já deu os primeiros passos. Nossas árbitras estão cada vez mais capacitadas, e a Ana Paula, por exemplo, já faz parte da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF). Aproveitem este dia de trabalho, ouçam e tirem suas dúvidas.

Sérgio convidou o presidente da ENAF, Alício Pena, e o ex-árbitro, que apitou a Copa do Mundo de 1998, Márcio Rezende, para participarem da abertura do evento.

As competições da CBF também foram tema do Seminário. Manoel Flores, diretor de Competições da entidade, foi o responsável por falar sobre o assunto.

- Contamos com vocês! Precisamos de vocês, árbitros, para o sucesso das nossas competições, para que os protocolos sejam cumpridos e para que os campeonatos sejam cada vez melhores.

O ex-árbitro FIFA, Márcio Rezende, apitou a Copa do Mundo de 98 foi o responsável por falar sobre a carreira do árbitro e o que fazer após deixar o apito.

- As grandes dificuldades do árbitro em uma partida são tomar uma decisão polêmica, não perder controle do jogo, manter a calma e não se deixar incomodar. Vocês têm que saber o que precisam fazer dentro de campo e deixar tudo que pode atrapalhar fora dele - concluiu.

Além dos árbitros e assistentes FIFA e aspirantes, instrutores técnicos e físicos da ENAF, das federações e da FIFA também participam do seminário.

Oscar Ruiz, ex-árbitro FIFA que esteve nas Copas do Mundo de 2002, 2006 e 2010 e é instrutor FIFA, ressaltou a importância da motivação no trabalho da arbitragem. O procurador do STJD, Paulo Schmitt, abordou as infrações disciplinares. O presidente da Comissão Nacional dos Médicos de Futebol, Jorge Pagura, e o diretor de Comunicação da CBF, Fernando Mello, também estão entre os palestrantes.

Wilson Luiz Seneme, instrutor FIFA; e Manoel Serapião Filho, adjunto técnico da ENAF, debateram os temas mais específicos de arbitragem. Ana Paula de Oliveira, representante da ENAF, foi a responsável por explicar o papel da mulher no futebol.

Rondônia está sendo representado por dois instrutores técnicos, Arnoldo Figarela e Leandro Bratti, além de um instrutor físico, Jurandir Lico.




Jurandir Lico (Físico), Leandro Bratti (Técnico), Márcia Caetano (Assistente FIFA - SP) e Arnoldo Figarela (Técnico)


Márcio Rezende - Ex-árbitro FIFA


Manoel Flores - Diretor de Competições da CBF







Fonte e Fotos: CBF.com.br
Texto adaptado: CBF.com.br


Autor: Assessoria FFER