Genus quer tirar Capital do longo jejum de mais de uma década

Genus quer tirar Capital do longo jejum de mais de uma década

Ano de 2002, a Capital rondoniense finalmente conquistou um título do Campeonato Rondoniense com o CFA (extinto) quebrando a seqüência esmagadora do interior. De lá pra cá, a Capital tem visto novamente a hegemonia do interior, com Ulbra (3), VEC (5), União Cacoalensem (2), Espigão (1), Ji-Paraná (1 dos 9 conquistados). Este ano, o Genus tem a missão de novamente colocar Porto Velho no topo do futebol profissional, com a disputa do Segundo Turno do Campeonato Rondoniense Gazin, diante do tudo poderoso VEC que nos últimos 10 anos conquistou cinco vezes o título.

O Genus precisa conquistar o Segundo Turno para provocar mais dois jogos na disputa pelo título definitivo da competição. Por duas vezes o título de campeão bateu na trave do Genus. Em 2000, o time da Capital disputou e perdeu a final para o Guajará. Em 2009, novamente o Genus chegou à final do campeonato justamente contra o VEC. O time chegou a vencer o primeiro jogo no Aluizão por 2 a 1, mas não suportou a pressão do Lobo do Cerrado no jogo de volta no Portal da Amazônia, perdendo por 4 a 1.

Jogadores e comissão técnica ressaltam que dessa vez a história será diferente quebrando, dessa forma a seqüência de títulos do interior, principalmente a hegemonia do VEC. O Genus contará com o retorno de titulares para a partida desta quinta-feira, às 20 horas, contra o VEC, no estádio Aluízio Ferreira, pelo primeiro jogo da decisão do Segundo Turno.

A equipe quer contar com a força do torcedor da Capital para entrar forte no jogo desta quinta-feira e arrancar uma boa vantagem para o segundo e decisivo jogo que será disputado final de semana no Porto da Amazônia.



Autor: Assessor de Imprensa: PAULO RICARDO