CBF define: atualização cadastral de Clubes e ligas é até o dia 27

CBF define: atualização cadastral de Clubes e ligas é até o dia 27

A atualização cadastral dos clubes profissionais, amadores e Ligas desportivas é obrigatória e deve ser feita até o dia 27 deste mês, atendendo exigência feita pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Foi essa a tônica da reunião realizada na manhã de sexta-feira, entre a Federação de Futebol do Estado de Rondônia e dirigentes, visando orientar e prevenir quanto às determinações da entidade maior do futebol brasileiro.

“Os clubes e ligas que não efetuarem a atualização cadastral até a data limite da CBF ficarão automaticamente desfiliados e, conseqüentemente, impossibilitados de participarem de competições locais e nacionais”, alertou o presidente da FFER, Heitor Costa, ao lembrar que a atualização é uma solicitação da CBF que incumbiu as Federações Estaduais de todo o Brasil de transmitir a determinação.

Heitor chamou a atenção dos dirigentes enfatizando que a mudança é necessária para o fortalecimento do futebol nacional. Ao mesmo tempo, ele mostrou-se preocupado com a falta de atenção de muitos dirigentes quanto ao assunto. Exaustivamente comunicada aos dirigentes, a reunião de sexta contou apenas com a presença de 3 dirigentes: Evaldo Silva (do Genus); Risaldo Rabelo (Guajará) e José Natal (VEC). “O assunto é sério e não tem como ficar para depois. Isso é uma determinação da entidade maior do futebol nacional, ou seja, as federações terão que cumprir com o que for determinado”, enfatizou Heitor que tem alertado constantemente os clubes com ofícios sobre o assunto.

Segundo definido no ofício enviado pela CBF, atendendo a demanda de algumas filiadas, a CBF solicita a todas as federações que exijam de seus filiados, sem exceção alguma a pronta e adequada atualização de seus dados cadastrais, mediante apresentação dos respectivos atos constitutivos (estatuto, contrato social ou atas de assembleias gerais, entre outros) e eventuais alterações, devidamente registrados no órgão público competente, conforme o caso, bem como a apresentação de atos societários (atas de reunião de quotistas, ou atas de assembleias de acionistas ou ato deliberativo idôneo, conforme previsto no ato constitutivo) que cuidem da designação ou eleição dos respectivos dirigentes (diretoria, conselho de administração etc.).








Autor: Assessor de Imprensa: PAULO RICARDO