Para Ramires, adversários são bons

Para Ramires, adversários são bons

Ramires é um jogador que vive a realidade e procura ter sempre os pés no chão. Jogador que está sempre entrando no time, considerado por Felipão importante no grupo, ele acha que a cobrança sobre a atuação do Brasil diante do Chile foi um tanto exagerada.

- Acho que a Seleção Brasileira jogou bem. Só que do outro lado tinha um adversário muito bem preparado e que também jogou muito bem. O Chile ofereceu mutas dificuldades e por isso não conseguimos superar o adversário da maneira que todos esperavam.

Sabedor da grande expectativa criada no país em torno da conquista do hexacampeonato, Ramires lembra que não basta ter o talento e a capacidade técnica da Seleção Brasileira para chegar ao objetivo maior.

- Esta Copa do Mundo está muito equilibrada. Todos os jogos são difíceis, como ficou comprovado por exemplo neste da Alemanha e Argélia, que poderia ter vencido e acabou derrotada na prorrogação. Como já disse, do outro lado há seleções que se preparam muito para enfrentar a Seleção Brasileira, nos estudam e querem o mesmo que nós. Portanto, todos os adversários merecem respeito, não vamos ganhar somente porque estamos em casa e somos o Brasil.

A polêmica criada em torno do choro de alguns jogadores no jogo contra o Chile foi considerada por ele sem sentido.

- Já passei por situações iguais a essa várias vezes. Inclusive, já vi jogador muito mais experiente chorar em final de Liga dos Campeões. Não vejo nada demais nisso, cada uma pessoa reage a seu modo.


Autor: CBF.com.br