FFER tem relatório financeiro de 2013 aprovado em Assembleia

FFER tem relatório financeiro de 2013 aprovado em Assembleia

O relatório das atividades financeiras e administrativas do exercício de 2013 da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) foi aprovado por unanimidade, na manhã desta terça-feira, 18, por dirigentes de clubes e ligas desportivas filiadas à entidade máxima do futebol rondoniense.
Presidida pelo dirigente da Liga Desportiva de Colorado do Oeste, Robson Tadeu (que indicou o presidente da Liga de Rolim de Moura, Nédio Bratti para ser secretário da sessão), a Assembleia Geral contou com a presença dos dirigentes do VEC, União Cacoalense, Rolim de Moura Pimentense, Rondoniense, bem como das Ligas Desportivas de Rolim de Moura, Colorado, Cerejeiras, Vilhena. A presidência do Ji-Paraná enviou ofício justificando a ausência, mas concordando com o que seria discutido e aprovado na Assembleia.
O dirigente do VEC, Natal Jacob, destacou o compromisso da presidência da FFER, em apresentar para discussão e votação o relatório das atividades financeiras e administrativas, como sempre tem feito nos anos anteriores. “Isso demonstra a transparência com que é administrada a Federação de Futebol. Estamos às vésperas do início do Campeonato Estadual e a situação tem transcorrido tranquilamente tanto na entidade quanto nos clubes que entram em campo para a disputa do título deste ano”, destacou Natal.
Ao tecer comentários sobre o relatório aprovado, o presidente da FFER, Heitor Costa, mais uma vez destacou o empenho de cada dirigente em analisar e aprovar por unanimidade o relatório das atividades financeiras e administrativas de 2013. “A Federação de Futebol tem o compromisso de apresentar todos os anos o relatório. Como presidente da FFER, sempre tenho pautado na transparência e respeito com os clubes e ligas filiados e a resposta foi dada com a aprovação por unanimidade”, destacou Heitor que ficou satisfeito com a presença dos dirigentes à Assembleia Geral.
O relatório das atividades financeiras e administrativas da FFER, de 2013, foi apreciado pelos dirigentes e posteriormente aprovado sem restrições. Agora, os documentos serão enviados para a Confederação Brasileira de Futebol, dentro do que determina a legislação desportiva.













































Autor: assessoria: paulo ricardo