Estadual na reta decisiva; líderes se enfrentam e Ji-Paraná vive pesadelo

Estadual na reta decisiva; líderes se enfrentam e Ji-Paraná vive pesadelo

O Campeonato Rondoninese Chevrolet entra na fase decisiva com equipes brigando forte por uma vaga ao G4 que irá disputar a fase semifinal da competição. Genus e Pimentense estão disparados na liderança com 18 e 17 pontos, respectivamente. Curiosamente, as duas equipes se enfrentam nesta quinta-feira, em Pimenta Bueno, no jogo que vai definir a liderança do Rondoniense.
De um lado o Genus, líder e, diga-se de passagem, invicto na competição. O time da Capital faz a melhor campanha dos Estaduais, mesmo fazendo todos os jogos longe de Porto Velho. Vale lembrar que infelizmente a Capital de Rondônia não tem estádio -, reflexo de um abandono dos governos (inclui-se os anteriores) ao esporte e, principalmente do futebol - e por conta disso foi "gentilmente" obrigado a levar seus jogos para Ariquemes.
Bom! mas o contexto é a surpreendente campanha do Genus. O time, até o momento, foi a que menos sofreu gols e vem empolgando seus torcedores, fortalecendo o sonho de um título para a Capital, o que seria o segundo da história de futebol profissional.
Do outro lado, temos o Pimentense que também faz uma campanha surpreendente na competição. O time, até o momento na competição, foi a que mais marcou gols e, ao lado do Genus, soma 5 vitória no campeonato.
Por isso, não temos dúvidas de que o confronto desta quinta será um grande jogo, pois poderá até mesmo definir quem chegará ao final do segundo turno na liderança isolada.
Na outra parte da classificação, temos o atual campeão Ji-Paraná à espera de um milagre para tentar fugir do rebaixamento. O time vai enfrentar o América/RN pela Copa do Brasil e somente retorna ao Estadual no domingo, para enfrentar o VEC. Caso volta a perder, o Ji-Paraná praticamente estará colocando um pé na Segundona no ano que vem.
O pesadelo do Ji-Paraná aumenta a cada jogo. Com apenas 5 pontos na classificação, o Galo da BR está a quatro pontos do Rolim de Moura, vice-lanterna. O Tigre da Zona da Mata deu uma respirada na competição ao vencer o Espigão por 2 a 1 na partida repleta de confusão e 6 expulsões.


PAULO RICARDO - Bacharel em Comunicação Social (Jornalismo); secretário de redação do jornal O ESTADÃO DO NORTE; assessor de imprensa da FFER



Autor: Assessoria FFER: PAULO RICARDO