Um gigante despertou; empates predominaram nas duas últimas rodadas

Um gigante despertou; empates predominaram nas duas últimas rodadas

Empates predominaram nas duas últimas rodadas do Campeonato Rondoniense Chevrolet. De seis jogos disputados quinta e domingo, quatro empates e quem apenas conseguiram vencer foi o Espigão, diante do Rolim, e o VEC que derrotou o Ji-Paraná por 2 a 1 no que foi chamado de clássico dos desesperados, já que ambas as equipes continuam abraçadas nas duas últimas posições na classificação geral.
Na rodada de domingo, quem folgou foi o Rolim de Moura, após duas derrotas consecutivas que fizeram a equipe despencar na classificação geral. Aliás, o representante de Rolim de Moura fez um início de competição vencendo os gigantes do futebol rondoniense (Ji-Paraná e VEC). Mas, a euforia virou pesadelo na 3ª rodada, quando perdeu de 2 a 0 para o Genus, em pleno Cassolão e jogando de amarelo, respondendo a um questionamento sobre qual a cor do uniforme do time feito a esta coluna. Também jogando de amarelo, o time amargou a segunda derrota consecutiva na última quinta-feira para o Espigão.

Mas bem! Deixando a cor do uniforme do Rolim de Moura para outras ocasiões – até pelo fato de que é dentro de campo que se ganha jogo e não por email, redes sociais ou por telepatia – retomamos a briga acirrada pela liderança e pela fuga da lanterna no campeonato.
Começamos pela parte de baixo da classificação. Finalmente um dos gigantes de campeonatos estaduais conseguiu despertar. Trata-se do VEC que desencantou após duas derrotas e um empate, resultados que deixavam a equipe na lanterna da competição. Com a vitória de domingo de 2 a 1 diante do Ji-Paraná, o VEC enfim conseguiu deixar a última colocação e, de quebra, empurrou o próprio Ji-Paraná ladeira a baixo, ou seja, na lanterninha do Estadual, com apenas um ponto marcado em quatro jogos disputados.

A sensação do Campeonato Rondoniense Chevrolet vem sendo o Pimentense que continua invicto e líder isolado com oito pontos. Agora para manter a liderança isolada, o time de Pimenta Bueno terá que fazer o dever de casa e vencer o Rolim de Moura que vem ferido após duas derrotas.
Este ano, o campeonato vem sendo disputado de forma equilibrada. Tanto que a diferença do primeiro para o segundo colocado é de apenas um ponto, assim como do terceiro para o quarto, do quarto para o quinto e do quinto para o sexto a diferença também é de um ponto apenas.

O equilíbrio é tamanho que as diferença entre os resultados não são mais que dois gols. Até o momento, já foram disputados 14 jogos, com 9 vitórias e cinco empates. Quem mais sofreu gols foi o Ji-Paraná, com 8, assim como também é o time com maior número de derrotas até agora: 3.
Mais emoções estão reservadas para as próximas rodadas do campeonato. A reação do VEC marcou a rodada de final de semana e a liderança isolada do Pimentense também merece ser destacada.




Autor: Assessoria FFER: PAULO RICARDO