Raio X: equilíbrio, hegemonia e tabu marcam 1ª rodada do Rondoniense Chevrolet

Raio X: equilíbrio, hegemonia e tabu marcam 1ª rodada do Rondoniense Chevrolet

A bola começa a rolar no dia 17 de março, quando será disputada a primeira rodada do Campeonato Rondoniense Chevrolet – 1ª Divisão, com a participação de 8 equipes que disputam o título (com premiação de R$ 50 mil para o campeão e R$ 20 mil ao vice) e vagas para as competições nacionais como Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro Série D. A tabela da competição foi divulgada e traz confrontos recheados de tabus, equilíbrios, hegemonia logo na primeira rodada.

No Raio X do campeonato, logo na estreia um confronto que reedita a semifinal do Estadual do ano passado e, inclusive, a final de 2011: Espigão e Ariquemes se enfrentam as 18 horas do dia 17 de março, sendo que o representante de Espigão do Oeste é uma espécie de “espinho atravessado na garganta” do Ariquemes. Nos jogos da fase classificatória o Ariquemes venceu a primeira partida por 3 a 1 e empatou sem gols no segundo jogo. Mas, na semifinal, o Espigão venceu os dois jogos (2 a 1 e 3 a 0) e disputou a final, mas perdeu o título para o Ji-Paraná.

Para apimentar mais ainda a rivalidade entre Ariquemes e Espigão, em 2011, as equipes disputaram a grande final, marcada pelo equilíbrio com o Ariquemes vencendo o primeiro jogo por 1 a 0 e o Espigão vencendo o segundo pelo mesmo placar. Naquele ano, o título foi disputado nos pênaltis vencido pelo Espigão por 6 a 5.

O atual campeão, o Ji-Paraná, depois que retornou para a divisão de elite do campeonato, enfrentou o Rolim de Moura (adversário da primeira rodada deste ano) em duas oportunidades, vencendo os dois jogos pelo mesmo placar de 2 a 1. O Rolim de Moura pretende neste ano reverter a fraca campanha em jogos disputados fora de seu domínio. O representante de Rolim de Moura chegou a estrear com vitória no ano passado, mas caiu de produção no restante do campeonato.

O VEC, time melhor colocado de Rondônia no ranking de clubes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), defende a hegemonia diante do Moto Clube na partida marcada para também as 18 horas do dia 17 de março, tendo como mando de campo o representante de Vilhena. Nos últimos quatros jogos disputados contra o Moto Clube, vitória para o VEC diante do representante de Porto Velho. Mas a motivação do Moto Clube é iniciar a competição da mesma forma que iniciou no ano passado, quando venceu a primeira partida disputa, contra o Genus, por 1 a 0.

O Genus, representante de Porto Velho, estreia na competição contra o Pimentense querendo defender a invencibilidade de mais de 4 jogos dentro de seu domínio em jogos disputados pelo Estadual. A equipe Grená entra nesse campeonato querendo mostrar para seus torcedores que pode chegar a mais uma final, a exemplo de 2009 quando disputou, mas perdeu o título para o VEC. O representante de Pimenta Bueno entra com a faixa de campeão da Segundo Divisão do ano passado, mas deve manter cautela para o jogo diante do Genus.



Autor: Assessoria de imprensa: Paulo Ricardo