FFER preocupada com o Aluizão, o calcanhar de Aquiles do futebol da Capital

FFER preocupada com o Aluizão, o calcanhar de Aquiles do futebol da Capital

Faltando pouco mais de 50 dias para o início do Campeonato Rondoniense Chevrolet - 1ª Divisão - a preocupação maior da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) é quanto as precárias condições do estádio Aluízio Ferreira, pertencente ao Governo do Estado. O Aluizão, como é conhecido, até o momento não suporta condições segura de jogos, atendendo o que determina a Legislação Desportiva.
A FFER tem somado aos apelos dos Clubes da Capital e reivindicado providências junto a Secretaria Estadual de Esporte - Secel, porém os esforços ainda não surtiram efeitos, o que compromete diretamente os representantes de Porto Velho no campeonato. "Temos que deixar claro que o estádio Aluízio Ferreira é de propriedade do Governo do Estado, sendo assim, somente o Executivo Estadual tem direito e poderes para fazer algo de melhorias. Há uma falsa informação de que e Federação de Futebol é detentora do Aluizão, o que não é real. Assim também acontece no interior, onde os estádios pertencem ao município", ressalta Heitor, destacando, que a FFER é a organizadora da competição ficando o estádio a cargo dos clubes da casa.
A preocupação aumenta conforme a aproximação do campeonato, uma vez que não se percebe nenhum movimento para solucionar os problemas encontrados no estádio Aluizão, ao contrário do que pode-se conferir no interior. "Estamos sim preocupados e por isso somamos com os representantes da Capital na reivindicação por melhorias, caso contrário, infelizmente, os jogos serão realizados em outros estádios do interior, fazendo valer a segurança dos atletas e dos torcedores tal qual determina nossa Legislação Desportiva", argumenta Heitor.



Autor: Assessoria de imprensa