CBF altera critério do ranking nacional das federações

CBF altera critério do ranking nacional das federações

A respeito de alguns poucos comentários que infelizmente não retratam as informações corretas publicadas recentemente pelo DCO da CBF a respeito do Ranking Nacional de Federações, é importante que alguns pontos sejam esclarecidos:

A FFER é atualmente considerada – em análises realizadas periodicamente pela própria CBF – como uma das mais organizadas do país não ficando devendo nada às consideradas grandes federações nacionais quanto à estrutura e operacionalidade, usando equipamentos de última geração. O fato é que – como diz o parágrafo que transcrevemos abaixo constante do oficio DCO/GER-305/12 – a FFER como todas as outras do país não está sendo avaliada em sua estrutura e funcionalidade, mas sim, ranqueada em função da participação dos clubes filiados em competições nacionais.


” A somatória dos pontos de todos os clubes, de cada estado, representa a pontuação da Federação correspondente; como a nova convenção de pontos impõe mudanças consideráveis nas posições dos clubes, quando comparamos o ranking de 2012 com o de 2013, obviamente tais mudanças refletem-se no Ranking Nacional das Federações, ou seja, o RNF é consequência direta do Ranking Nacional de Clubes, não podendo ser o mesmo (RNF) analisado isoladamente.”
O Presidente da FFER entrou em contato com o DCO da CBF alegando que parte da imprensa não tomou conhecimento por inteiro da matéria sobre a aplicação dos novos critérios e o Diretor daquele departamento, Dr. Virgilio Elisio, deve enviar documento esclarecedor a respeito, evitando distorções que podem denegrir a imagem da entidade.


Autor: FFER